Arrecadação federal na região cresceu quase 20% em 2022

Semyonova Solpav
Semyonova Solpav 3 Min Read
3 Min Read

A arrecadação dos 52 municípios da Delegacia da Receita Federal (DRF) de Sorocaba no mês de dezembro de 2022 teve aumento nominal de 10,59% e real de 4,54%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do IBGE — que é o índice que mede a inflação oficial do país —, na comparação com dezembro de 2021.

Conforme dados da DRF de Sorocaba, no total, foram arrecadados no mês passado R$ 1,749 bilhão contra R$ 1,581 bilhão em dezembro de 2021. No acumulado do ano, a arrecadação dos 52 municípios da região também apresentou aumento, passando de R$ 15,395 bilhões, de janeiro a dezembro de 2021, para R$ 18,332 bilhões na comparação com os 12 meses do ano passado.

Segundo a DRF de Sorocaba, em dezembro de 2022 a arrecadação fazendária dos 52 municípios da região somou R$ 872,9 milhões e a previdenciária R$ 876,1 milhões, totalizando R$ 1,749 bilhão. Já em relação ao aumento da arrecadação federal no acumulado do ano, a DRF de Sorocaba informou que o aumento nominal foi de 19,08% e o acréscimo real de 8,97%, de acordo com o IPCA.

Além de Sorocaba, os demais municípios que fazem parte da DRF de Sorocaba são: Alambari, Alumínio, Angatuba, Apiaí, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Barão de Antonina, Barra do Chapéu, Boituva, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Cabreúva, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capela do Alto, Cesário Lange, Coronel Macedo, Guapiara, Guareí, Ibiúna, Iperó, Itaberá, Itaóca, Itapetininga, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itaporanga, Itararé, Itu, Mairinque, Nova Campina, Paranapanema, Piedade, Pilar do Sul, Porangaba, Porto Feliz, Quadra, Ribeira, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Tapiraí, Taquarivaí, Tatuí, Torre de Pedra e Votorantim.

Quarta maior regional

Na comparação com as DRFs do interior paulista (descontando a Capital, região metropolitana de São Paulo, ABCD e litoral), a Delegacia da Receita Federal de Sorocaba ficou em 4º lugar no ano passado em relação ao total arrecado.

Aumento estadual

A arrecadação, no Estado de São Paulo, das receitas administradas pela Receita Federal, atingiu, em 2022, o valor de R$ 927,78 bilhões, registrando acréscimo nominal de 17,39% e real (IPCA) de 7,43% em relação ao ano de 2021, quando foram arrecadados R$ 790,31 bilhões.

Dos R$ 99,55 bilhões arrecadados em dezembro de 2022, R$ 69,88 bilhões correspondem à arrecadação fazendária e R$ 29,66 bilhões à arrecadação previdenciária. A arrecadação do Estado respondeu por 48,80% da arrecadação nacional de receitas administradas.

Já a arrecadação nacional em 2022 chegou a R$ 2,08 trilhões, registrando acréscimo nominal de 16,40% e real (IPCA) de 6,64% frente ao total de R$ 1,79 trilhão arrecadado ao longo de 2021. (Ana Claudia Martins)

 

Compartilhe esse artigo
Deixe um comentário