O ensino de Libras para grupos de resgate e atendimentos de urgência: você já se perguntou como é importante?

Semyonova Solpav
Semyonova Solpav 3 Min Read
3 Min Read
Solange Moraes

Para Solange Moraes, candidata a deputada federal por São Paulo, o ensino de Libras (Língua Brasileira de Sinais) é apenas uma das formas de comunicação necessárias para incluir e integrar toda uma comunidade. No entanto, em grupos de resgate e atendimentos de urgência, esse ensino é, por diversas vezes, mais importante ainda, tornando-se também indispensável. Para descobrir por quê, leia este artigo até o final!

 

De antemão, a candidata Solange Moraes explica que a Libras nada mais é que a abreviação de Língua Brasileira de Sinais, que consiste, por sua vez, na língua utilizada por pessoas surdas no Brasil. Como se sabe, a comunicação por meio da Libras acontece graças à capacidade visual-motora, funcionando como uma forma de comunicação totalmente única e independente. 

 

É importante pontuar isso, pois, de acordo com Solange Moraes, muita gente acredita que trata-se do “português em sinais” ou de uma maneira de realizar mímica, entretanto, fato é que, sim, trata-se de um sistema linguístico, já que transmite ideias, fatos, sentimentos, e diversas outras coisas, além de possuir gramática própria. Interessante, né?

 

Solange Moraes também destaca que a Libras pode ser utilizada tanto por pessoas surdas, como por pessoas surdo-cegas e pessoas surdas sem braços. Isso porque, para esses dois outros grupos, ela possui variações, tornando-se extremamente útil e importante para que a comunicação aconteça entre elas.

 

Importância da Libras na prática

 

Para Solange Moraes, entender a importância do ensino de Libras é de extrema necessidade. Por isso, faz menção a um caso recente, que aconteceu em Leme, no interior de São Paulo: o bombeiro Walker Isaac, ao saber Libras, pôde salvar a vida de uma pessoa surda com alergia a um determinado medicamento, de modo que, caso ingerido, poderia lhe causar danos. 

 

Desse modo, o ensino desse idioma nesse setor mostra-se como extremamente relevante, visto que não são raros os casos em que um ouvinte se depara com um surdo e, por saber comunicar-se, tenta utilizar mímica ou outros recursos da linguagem oral e não verbal, mas que obviamente não são eficazes. 

 

Mas quem é Solange Moraes?

 

Sendo assim, como editora, apresentadora, palestrante e jornalista, Solange Moraes entende que seu papel já não pode mais ser apenas como comunicadora, senão como uma prestadora de serviços à sociedade na prática. Por essa razão, largou seu trabalho como apresentadora do programa Falando Nisso, a fim de atuar ativamente na política, como deputada federal. Sendo assim, se você compartilha dos mesmos ideais e deseja conhecer seus projetos, acompanhe-a em seu Instagram e Facebook:

 

Instagra: https://www.instagram.com/solangemoraesoficial/

Facebook: https://www.facebook.com/solange.moraes.568

Compartilhe esse artigo
Deixe um comentário