PF realiza nova fase de operação que investiga roubo a banco em Araçatuba

Semyonova Solpav
Semyonova Solpav 2 Min Read
2 Min Read

A Polícia Federal (PF) realiza, nesta segunda-feira (24), uma nova fase da operação que investiga o roubo violento ocorrido no município de Araçatuba, em agosto do ano passado.

Nesta ação, participam 40 policiais e cinco pessoas foram presas temporariamente. As autoridades ainda cumprem 10 mandados de busca e apreensão e outros cinco de identificação criminal, que foram expedidos pela Justiça Federal de Araçatuba/SP e a Justiça Estadual de Limeira/SP.

Em agosto do ano passado, criminosos utilizaram explosivos e fizeram reféns em uma ação de roubo na Caixa Econômica Federal (CEF) e Banco do Brasil. Uma pessoa morreu durante o crime.

As buscas desta segunda-feira (24) ocorrem em Sorocaba, Osasco e Guarujá, em São Paulo, e Goiânia, em Goiás.

Os envolvidos exercem vários cargos dentro da organização criminosa que aterrorizou Araçatuba, como executores direto do roubo, e financiadores, e também um núcleo que cuidava só das fraudes para facilitar o uso de veículos pelos bandidos e de comparsas que guardavam as armas do grupo.

A PF tem intensificado trabalhos buscando identificar e responsabilizar todos os indivíduos que participaram do crime.

Passado um ano do roubo em Araçatuba, a PF já realizou 53 mandados de prisão e 105 mandados de busca e apreensão, e centenas de análises feitas pela unidade de inteligência policial, exames periciais, execução de diligências de campo e confrontação de todos os elementos e indícios colhidos.

Compartilhe esse artigo
Deixe um comentário